Componente Social. Desenvolvimento Turístico. Qualidade de Vida.
Vítor Cáceres
Junta de Freguesia de Alegrete

Programa Eleitoral

Caras Amigas e Caros Amigos,

Com a humildade e a simplicidade que nos caracterizam, mas também com a entrega, com a dedicação e com o espírito de serviço que possuímos, e que entendemos serem essenciais a quem se disponibiliza para a atividade autárquica, serão estes, durante os próximos 4 anos (e caso mereçamos a confiança da população da Freguesia de Alegrete), os nossos principais vetores de trabalho:

Componente Social

Área fundamental, em particular numa Freguesia rural e com população predominantemente idosa:

  • Criar, sob a responsabilidade da Junta e em articulação com a Câmara Municipal, um sistema de transporte gratuito para as deslocações à Extensão de Saúde, destinado à população que o necessite e que não tenha outro tipo de alternativa;
  • Estreitar a relação com o ULSNA, por forma a aumentar e otimizar a prestação de serviços na área dos cuidados médicos e de enfermagem;
  • Manter e estreitar os laços com Santa Casa da Misericórdia de Alegrete , por forma a manter (e se possível aumentar) todas as valências atualmente em funcionamento e que tão importantes são para a nossa Freguesia;
  • No mesmo sentido, e com os mesmos objetivos, manter e estreitar os laços com o Centro Comunitário de Vale Cavalos.

Desenvolvimento Turístico

O enquadramento histórico, cultural, patrimonial e natural da nossa Freguesia merece ser definitivamente projetado para o exterior; o que a Junta deverá fazer sempre em articulação com outras entidades com competências e responsabilidades nesta área - Câmara Municipal, Turismo do Alentejo e ICNF/Parque Natural da Serra de São Mamede:

  • Criar folheto/mapa de toda a Freguesia, com percurso geral (a ser feito de carro) e com indicação dos principais locais a visitar devidamente assinalados (exemplos: Igreja Matriz, Ermida da Senhora da Lapa, Ribeiras, Miradouros, Castelo, entre outros), bem como a identificação das unidades hoteleiras existentes (cafés/restaurantes/unidades de alojamento turístico);
  • Criar folheto/mapa que congregue todos os percursos pedestres da Freguesia;
  • Criar Roteiro das Fontes (também suportado por folheto de divulgação) e, nesse sentido, promover a recuperação, entre outras, da Fonte da Ribeira da Caleira e da Fonte Valença;
  • Criar e dinamizar um Posto de Turismo, que numa primeira fase poderá estar instalado na Junta de Freguesia;
  • Promover a realização de um Festival de Teatro, no Castelo;
  • Dinamizar e melhorar a Feira de Artesanato e Gastronomia, continuando a envolver as associações locais, mas procurando dar maior destaque e realce aos produtos e produtores locais (nomeadamente na área dos vinhos);
  • Melhorar a sinalética de divulgação/informação turística existente na Freguesia, bem como a sinalética de trânsito (horizontal e vertical).

Qualidade de Vida

A população da Freguesia merece e deve ter todas as condições e uma qualidade de vida compatível com o tempo em que vivemos:

  • Zelar pela manutenção da rede de iluminação pública, reforçando o número de iluminárias em locais da Freguesia mais carenciados das mesmas e dando prioridade a zonas habitadas;
  • Pressionar as entidades competentes no sentido da execução da ETAR de Montarecos;
  • Assegurar a limpeza de bermas e valetas e a manutenção dos caminhos públicos, dando a devida atenção aos caminhos rurais, principalmente nos acessos a habitações;
  • Construir um circuito de manutenção no olival anexo à Piscina, valorizando desta forma um espaço completamente abandonado;
  • Requalificar integralmente o Polidesportivo de Alegrete, completamente degradado e sem condições para a prática desportiva;
  • Assegurar a manutenção e conservação dos espaços verdes existentes em Alegrete e Vale de Cavalos e criar mais um espaço verde em Alegrete;
  • Estreitar cada vez mais o diálogo e as relações com todas as Instituições, Associações e Coletividades da Freguesia, apoiando as suas atividades e projetos e colaborando na resolução dos problemas e dificuldades com que, no dia-a-dia, as mesmas se debatem;
  • Manter com a Câmara Municipal de Portalegre uma atitude de permanente abertura ao diálogo e ao trabalho em articulação e cooperação, mas tendo sempre como principal objetivo, por parte da Junta, a defesa dos interesses da Freguesia e das suas gentes.

Descarregue o programa eleitoral

Localização da Sede de Campanha

Siga-nos no Facebook